A taxa SELIC é a taxa de juros que corresponde a operações de curtíssimo prazo (normalmente de apenas um dia) realizadas entre bancos.

Esses empréstimos ocorrem porque os bancos precisam ter determinados recursos mínimos ao final de cada dia. Quando eles não conseguem atingir os níveis de recursos mínimos, precisam pedir dinheiro emprestado até que consigam normalizar novamente os níveis de recursos mínimos (normalmente no próximo dia útil).

Quando um banco que precisa de recursos de outro banco e oferece títulos públicos como lastro (em garantia), esse empréstimo é registado no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (SELIC) e a taxa cobrada nessa transação é a famosa taxa SELIC.

Como os títulos que foram o lastro são títulos públicos do Tesouro Nacional, a taxa SELIC serve de parâmetro para todo o resto do mercado brasileiro.

Se a taxa SELIC aumenta, os juros de toda a economia aumentam consequentemente. É por isso que ela é popularmente conhecida por taxa básica de juros ou por custo primário do dinheiro da economia, já que todas as outras taxas de juros dependem da SELIC.

Encontrou sua resposta?