A taxa CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é a taxa de juros que corresponde a operações de curtíssimo prazo (normalmente de apenas um dia) realizadas entre bancos.

Esses empréstimos ocorrem porque os bancos precisam ter determinados recursos mínimos ao final de cada dia. Quando eles não conseguem atingir os níveis de recursos mínimos, precisam pedir dinheiro emprestado até que consigam normalizar novamente os níveis de recursos mínimos (normalmente no próximo dia útil).

Diferente da SELIC, essa operação é feita de banco para banco, sem a existência de títulos públicos dados em garantia (colocados como lastro da operação de empréstimo).

Podemos pensar no CDI como se fosse um CDB entre os bancos: um título de investimento que é utilizado somente pelos bancos entre si.

Vale dizer que o valor do CDI está totalmente ligado à SELIC. Normalmente, o CDI rende 0,2% a menos que a SELIC. Isso acontece porque as taxas vão caminhando juntas. Afinal, o risco dos bancos costuma ser próximo ao risco do governo.

Encontrou sua resposta?