A maioria das instituições (bancos, corretoras e financeiras) não cobram nenhuma taxa para você aplicar seu dinheiro em investimentos de renda fixa (Tesouro Direto, CDB, LCI, LCA, LC, RDB e etc). Mas, ao investir em fundos de investimento e robôs de investimento, algumas taxas são cobradas.

Na hora de investir o dinheiro, muitas pessoas gostam de saber quais são os custos. Ou seja, quanto as instituições cobram para você fazer um investimento? Quais são as taxas cobradas?

Se você abrir conta em uma corretora para investir nos títulos públicos do Tesouro Direto ou nos títulos de renda fixa privada (CDB, LCI, LCA, LC e etc), nenhuma taxa será cobrada. Ainda existem algumas instituições que cobram taxa de corretagem nesse caso, mas não caia nessa! A maioria das corretoras tem custo zero para renda fixa então vá direto nessas.

Já no caso dos fundos de investimento e robôs de investimento, existem algumas taxas que podem ser cobradas. Isso acontece porque, em ambos os casos, há um serviço por trás do investimento. Não é apenas um produto em que você coloca o seu dinheiro. É uma equipe (ou um serviço automatizado) que fará a alocação dos seus recursos. É por isso que eles precisam cobrar um valor: para conseguir manter toda a operação.

Encontrou sua resposta?